pokerstars

Camarote da Sapucaí tem buffet interditado após montagem indevida

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu duas pessoas em flagrante, no Sambódromo Marquês de Sapucaí, no domingo (11), após a Vigilância Sanitária constatar que o camarote Lounge Sapucaí armazenava e preparava alimentos dentro de um banheiro.

O que aconteceu

Polícia afirma que foram detidas a dona do buffet contratado e a responsável pelo camarote. As prisões foram feitas durante ação conjunta entre a Polícia Civil, o Instituto Municipal de Vigilância Sanitária e o Ministério Público do Estado.

Cerca de 500 quilos de alimentos foram descartados, após a operação de fiscalização. Segundo o MP, o local também não possuía refrigerador para o armazenamento de alimentos.

Procurada por Splash, a Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) informou que o camarote não possui autorização para a instalação e operação de uma cozinha no local. A Liga também ressaltou o "compromisso contínuo com a segurança e excelência em todos os aspectos dos desfiles".

O que diz o Lounge Sapucaí

Lounge Sapucaí continuou funcionando normalmente
Lounge Sapucaí continuou funcionando normalmente Imagem: Filipe Pavão/ pokerstars

O espaço Lounge Sapucaí admitiu que enfrentou um "pequeno problema com a vistoria da Vigilância Sanitária", mas negou que os funcionários tenham manipulado alimentos dentro de banheiros. "O espaço apresenta apenas banheiros semelhantes a banheiros químicos VIP, impossibilitando assim qualquer alimento nesse espaço."

Os alimentos apreendidos e descartados pela vigilância, já chegaram ao Lounge Sapucaí prontos e estavam apenas armazenados em um espaço, que ficava próximo ao banheiro. Em nenhum momento, tais alimentos chegaram a ser servidos aos convidados do Lounge Sapucaí, já que os mesmos ainda não haviam chegado ao espaço. espaço Lounge Sapucaí.

Outros camarotes fiscalizados

Segundo o MP, a equipe de fiscalização ainda vistoriou e encontrou problemas na preparação dos alimentos em outros camarotes: Alegria, Experience, Lounge Carioca e Favela.

Continua após a publicidade

No camarote Alegria, a equipe identificou "refrigeração inadequada", mas a situação foi resolvida logo seguida. Nos camarotes Experience e Lounge Carioca, no entanto, as cozinhas passaram por "alguns ajustes". A Fiscalização Sanitária também multou o camarote Favela por irregularidades no preparo e acondicionamento de alimentos.

Procurados pela reportagem, os espaços Alegria, Favela e Experience não retornaram até o momento. O espaço segue aberto. Já o Lounge Carioca compartilhou uma nota da Liesa corrigindo um possível equívoco.

"Queremos assegurar ao público que o Lounge Camarote opera plenamente dentro das regularidades estabelecidas pela Liesa e segue rigorosamente todos os protocolos sanitários exigidos para garantir a segurança e o bem-estar de seus convidados", diz o comunicado.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes
pokerstars Mapa do site