pokerstars

'Attenzione pickpocket': conheça cinco 'ladrões' do mundo animal

Attenzione pickpocket! Com um celular na mão, uma mulher italiana alerta turistas para a ação de batedores de carteira na cidade de Veneza, na Itália. É bem provável que você já tenha escutado a expressão, que viralizou nas redes sociais e tem rendido memes pelo mundo inteiro.

Agora imagine a seguinte cena: uma gaivota rouba comida de uma loja e é surpreendida com gritos de "attenzione pickpocket" nas ruas de uma cidade qualquer. O uso da expressão é brincadeira, claro, mas o roubo e furto de comida entre os animais é mais comum do que você pensa.

Os bichos com esse tipo de comportamento praticam o cleptoparasitismo, termo que foi introduzido para descrever o roubo de alimentos previamente coletados ou processados por algum outro indivíduo. Na prática, eles pegam a comida dos outros. Simples assim.

Além da gaivota, já citada anteriormente, aquele bichinho simpático conhecido como esquilo pode, no momento em que você lê essa matéria, estar roubando alguma comida alheia por aí.

Feito o alerta, conheça cinco "ladrões" do mundo animal:

Esquilo

Se você já assistiu ao desenho Tico e Teco, sabe muito bem do que aqueles esquilos são capazes para conseguir algumas nozes — a comida preferida deles. Mas, você sabia que na vida real a história não é muito diferente?

A fofura e a simpatia dos pequenos roedores podem nos fazer acreditar que eles são inocentes, mas não é bem assim.

Continua após a publicidade

Além de roubarem comida de outros esquilos, eles podem entrar em casas e lojas para pegar nozes, sementes e vegetais — ou até mesmo um simples guardanapo, como no vídeo acima.

Gaivota

Sabe aquele amigo seu que não se esforça para nada e fica só se aproveitando das conquistas dos outros? Pois saiba que ele tem muito em comum com uma gaivota.

Como a gaivota não tem habilidade de mergulhar no mar para pegar algum peixe ou qualquer outro alimento, sabe o que ela faz? Fica esperando os outros animais caçarem para depois ir lá tomar a comida deles.

E fique esperto: se por acaso estiver com alguma comida dando sopa e ficar vacilando perto de uma gaivota, ela pode roubar você também.

Continua após a publicidade

Polvo

Considerado um dos invertebrados mais inteligentes do mundo, com 500 milhões de neurônios, o polvo possui um "minicérebro" em cada um de seus oito braços. A inteligência acima do normal entre os animais faz com que ele consiga, por exemplo, fugir de seus predadores com extrema maestria ou ainda apresentar a capacidade de mudar de cor somente para se camuflar.

E, como o assunto por aqui é "roubo", claro que nós não os citamos à toa. Os polvos já foram flagrados roubando conchas e abrigos de outros animais e, muitas vezes, pegando peixes e caranguejos de barcos pesqueiros.

No vídeo acima, sabe-se lá para que o polvo roubou a câmera do cinegrafista. Mas se você estiver mergulhando com algum objeto à vista, cuidado!

Cachalote

Imagine só um filhote que pesa uma tonelada e mede de 4 a 5 metros. Se você pensou em uma baleia, acertou! Ou quase. Estamos falando dos cachalotes, os maiores carnívoros do planeta de todos os tempos, maiores até mesmo que o dinossauro T-Rex. Apesar de ser um cetáceo (mamífero aquático), o cachalote não é considerado uma baleia por ser dentada, mas digamos que é um parente bem próximo.

Continua após a publicidade

Esse animal gigante também pode ser bem traiçoeiro. Segundo o Instituto Butantan, o cachalote costuma pegar os peixes das linhas de pesca dos barcos, trazendo problemas especialmente para pescadores do Alasca, onde esses roubos são registrados com frequência.

Aranha gota de orvalho

As aranhas do gênero Argyrodes também se encaixam entre os animais cleptoparasitas. Sabe o que elas fazem? Invadem as teias de outras aranhas para furtar e comer insetos que elas haviam capturado.

Em outras ocasiões, as duas aranhas acabam por dividir o mesmo alimento, assim não fica ruim para nenhuma das duas, não é mesmo? Enquanto a aranha hospedeira ingere a presa, a invasora se aproxima para se alimentar junto com ela, na cara de pau.

Ah, esses animais...

Continua após a publicidade

*Com informações do Instituto Butantan

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes
pokerstars Mapa do site