pokerstars

Rafael Reis

Rafael Reis

Siga nas redes
Reportagem

Música da torcida do Tottenham diz que Royal 'não ataca' e 'não defende'

"He can't defend. He can't attack. Emerson Royal is our wing back", ou, fazendo uma tradução livre para o português, "Ele não defende. Ele não ataca. Emerson Royal é o nosso lateral direito".

Enquanto a maioria dos jogadores de times populares costuma ser homenageado pelos torcedores com músicas que exaltam suas melhores qualidades, Emerson Royal ganhou uma canção "um pouco mais crítica" dos fãs do Tottenham.

É verdade que a musiquinha que detona o lateral, protagonista de uma atuação desastrosa na derrota por 2 a 1 da seleção brasileira para a Colômbia, na última quinta-feira, pelas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo-2026, não é cantada com frequência nas arquibancadas do estádio do clube de Londres.

Mas ela viralizou no fim do ano passado, quando uma gravação com torcedores do Tottenham entoando o hino no metrô foi publicada nas redes sociais, e tem se tornado cada vez mais popular desde então.

Problemas no Tottenham

Contratado há dois anos, por 25 milhões de euros (R$ 134 milhões, na cotação atual), depois de se destacar com a camisa do Betis na Espanha, Royal desembarcou em Londres com fama de um lateral de muito potencial para ser lapidado na Premier League inglesa.

O brasileiro assumiu de imediato a titularidade e, mesmo criticado por algumas deficiências claras de ordem tática, assim permaneceu durante uma temporada e meia. Foi só depois da chegada de um outro reforço para a posição, o espanhol Pedro Porro, em janeiro, que ele começou a perder espaço na formação ideal.

Na atual temporada, Royal virou reserva "de vez". Ele só começou jogando em duas das 12 rodadas já disputadas do Inglês. E, em uma delas, foi escalado na lateral esquerda, posição em que tem sido mais utilizado nas últimas semanas devido à lesão do titular, o italiano Destiny Udogie.

Mais uma chance com Diniz

Apesar de não ter conseguido marcar apropriadamente Luis Díaz, autor dos dois gols da Colômbia na semana passada, Royal deve ser mantido como titular da seleção para o clássico contra a Argentina, hoje, no Maracanã.

Continua após a publicidade

O técnico Fernando Diniz deve promover apenas duas mudanças na equipe brasileira (as entradas de Carlos Augusto na lateral esquerda e de Gabriel Jesus no comando do ataque) e continuar apostando no jogador do Tottenham.

Com as lesões de Danilo (Juventus) e Vanderson (Monaco), duas das principais opções do treinador para o setor, Royal foi o único lateral direito de origem convocado para os compromissos desta Data Fifa. O outro jogador chamado para executar a função foi o meia-atacante Pepê, que tem alguma experiência improvisado na linha defensiva no Porto.

Risco de não ir à Copa?

Apesar da sequência de três tropeços consecutivos (empate com a Venezuela e derrotas para Uruguai e Colômbia), o Brasil ainda está dentro da zona de classificação para a Copa-2026. A equipe canarinho ocupa a quinta colocação das eliminatórias, com sete pontos conquistados, três a mais que Equador, Paraguai e Chile, que aparecem logo na sequência.

Com a ampliação no número de participantes do Mundial, a América do Sul tem agora direito a seis vagas diretas para o torneio. O sétimo colocado do qualificatório ainda participará de uma repescagem global contra adversários de outros continentes.

A próxima Copa, que será organizada em conjunto por Canadá, Estados Unidos e México, será a primeira da história com a participação de 48 seleções. Entre a França-1998 e o Qatar-2022, a competição teve o mesmo formato de disputa, com a presença de 32 equipes.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes
pokerstars Mapa do site