pokerstars

Chiefs ampliam dinastia em final épica que consagra Mahomes entre as lendas

Foi aos trancos e barrancos, com muitos erros e viradas. Mas, depois de quase quatro horas, o Kansas City Chiefs bateu o San Francisco 49ers e garantiu seu quarto troféu do Super Bowl - o terceiro nos últimos cinco anos. Além disso, tornou-se o primeiro time desde os Patriots de 2005 a ganhar dois campeonatos seguidos na NFL (liga de futebol americano dos Estados Unidos).

Com sua quarta conquista, a nova "dinastia" dos Chiefs se iguala a New York Giants e Green Bay Packers. E fica atrás apenas de Dallas Cowboys (5 títulos), San Francisco 49ers (5 títulos), Pittsburgh Steeelers (6 títulos) e New England Patriots (6 títulos).

O quarterback Patrick Mahomes foi eleito o melhor da partida e se colocou de vez entre os maiores jogadores da história da NFL, coroado com a atuação fora do tempo regulamentar: após um empate de 19 a 19, o jogo precisou ir para a prorrogação e foi nela que astro dos Chiefs brilhou.

Aos 28 anos, Mahomes chega ao seu terceiro título de Super Bowl em apenas sete temporadas na liga. O recordista é Tom Brady, sete vezes campeão.

Como foi o jogo

A torcida dos Chiefs, que estava em minoria no Allegiant Stadium, em Las Vegas, mal pôde acreditar na reviravolta, já que o time dirigido por Andy Reid fez um primeiro tempo fraco e coalhado de erros. Para piorar, no começo do segundo tempo, com o time perdendo por 10 a 3, os fãs viram Mahomes ter um passe interceptado de forma vexaminosa pelo safety Ji'Ayir Brown, do San Francisco 49ers.

Parecia tudo perdido, mas foi então a vez do San Francisco 49ers, do técnico Kyle Shanahan, começar a ter seus apagões. A muralha defensiva do primeiro tempo deu lugar a um elenco cansado, que começou a deixar os recebedores de passes dos Chiefs desmarcados.

O ataque também mostrou inconsistências no 3º quarto, e o quarterback Brock Purdy viu seu desempenho cair muito.

O resultado foram 10 pontos seguidos para os Chiefs, incluindo um touchdown do wide receiver Marquez Valdes-Scantling após um lindo passe de Mahomes, que iludiu a defesa com sua movimentação, permitindo que o companheiro ficasse totalmente desmarcado.

Continua após a publicidade

O quarto e último período começou com os 49ers em desvantagem - 13 a 10 - e dispostos a arriscar para sair do buraco. O time passou à frente novamente com um touchdown de Jauan Jennings, em recepção a um lançamento de Brock Purdy.

Num momento de extremo equilíbrio, os dois times alternaram field goals até que o kicker Harrison Butker, dos Chiefs, empatasse a partida em 19 a 19, com 3 segundos para o final do tempo regulamentar, sob aplausos de pouco menos da metade dos 64 mil pagantes presentes no Allegiant Stadium Stadium.

Pela segunda vez na história, um Super Bowl foi para a prorrogação - a outra aconteceu em 5 de fevereiro de 2017, quando os Patriots bateram os Falcons, no Super Bowl LI.

Após uma campanha dos 49ers que culminou em um field goal, Patrick Mahomes, Travis Kelce e companhia entraram em campo e protagonizaram uma sequência épica. Ao longo de 7min29, eles realizaram 13 jogadas e avançaram 75 jardas. Cansada, a defesa dos 49ers parecia não ter resposta.

O desfecho foi o touchdown de Mecole Hardman após passe de Mahomes, fechando o jogo com o placar de 25 a 22 para o time de Kansas City, a 3 segundos do fim da prorrogação.

Vitória do Kansas City Chiefs e festa no gramado, com direito a presença da cantora Taylor Swift, namorada do tight end Travis Kelce, que o acompanhou enquanto ele os companheiros recebiam o troféu Vince Lombardi.

Continua após a publicidade
Patrick Mahomes comemora vitória do Kansas City Chiefs no Super Bowl 58
Patrick Mahomes comemora vitória do Kansas City Chiefs no Super Bowl 58 Imagem: Michael Owens/Getty Images

Errata:

o conteúdo foi alterado

  • Diferentemente do que foi informado na versão anterior do texto, o placar ao final do tempo regulamentar era de 19 a 19. O erro já foi corrigido.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes
pokerstars Mapa do site