pokerstars

pokerstars - Dieta de ovos por 10 dias que é hit no TikTok traz riscos e efeito sanfona

Uma dieta com ovos viralizou entre perfis gringos do TikTok, em sua maioria de mulheres. O cardápio consiste em dez dias comendo três ovos cozidos no café da manhã, almoço e jantar. O objetivo é limitar o consumo diário a até 900 calorias.

Há opções de complementos às refeições com chá verde sem açúcar, maçã, mingau de aveia ou flocos de milho. Cenoura e laranja estão liberadas como lanches ao longo do dia.

Honestamente, hoje me senti muito mal, não aguentava mais ovos. Acho que pode demorar um pouco até que eu cozinhe ovos de novo.Escreveu uma mulher ao completar o 10º dia da dieta

Algumas pessoas afirmam ter perdido até 10 kg com esse cardápio. Uma usuária, no entanto, afirmou passar muito mal com a alimentação e notou que o padrão "não é saudável".

Dietas restritivas nesse nível não são novidades e nunca serão saudáveis, alerta Flavia Auler, coordenadora do curso de nutrição na PUC-PR.

O que acontece no corpo?

Montar qualquer dieta para emagrecer é um trabalho personalizado.O nutricionista considera as restrições possíveis no cardápio e o hábito alimentar dessa pessoa —as suas escolhas do que colocar no prato. "E comer só ovos não faz parte do hábito alimentar de ninguém. Mesmo em dietas, as pessoas comem outros grupos alimentares, como frutas e verduras", lembra a nutricionista Flavia Auler.

Restringir o consumo a um único alimento aumenta o risco de deficiências nutricionais, como as de vitaminas, minerais e carboidratos. O ovo é rico em proteína, apenas. E o corpo precisa dessas outras substâncias para manter as suas reações químicas.

"Ovo tem zero carboidrato, e o corpo não consegue sustentar dieta por muito tempo sem esse macronutriente. Algumas células são dependentes de carboidratos. Eu não estou defendendo o consumo da substância na forma de açúcar simples, mas como um grupo de nutrientes. Essa ausência pode ser muito perigosa", explica a nutricionista.

Continua após a publicidade

As consequências dependem do estoque de carboidrato e energia de cada um. "Se não ingerir e só gastar, o estoque se esgota em alguns dias, ainda mais fazendo exercício físico", alerta Auler.

Surgem sintomas como: fraqueza, desmaios, convulsões, muita dor de cabeça e alterações de humor.

O problema é ainda pior devido ao baixo nível calórico. A OMS (Organização Mundial da Saúde) estabelece um consumo diário de 2.000 calorias para mulheres adultas, o maior público em busca de dietas assim. Algumas têm demanda ainda maior, chegando a 2.800 calorias, bem distante das 900 propostas pelo cardápio só com ovos.

Cuidado com o colesterol

Também há consequências causadas pelo colesterol presente na gema do ovo. Comer poucas gemas por dia não traz riscos, mas nove (a quantidade da dieta) extrapolam o limite recomendado. Podem surgir disfunções no fígado e mudanças no perfil lipídico (a quantidade de moléculas de gorduras no organismo).

Mesmo com data para parar, não dá para falar que está tudo bem seguir uma dieta assim. A pessoa vai sofrer as consequências, principalmente de deficiência de nutrientes, porque não dá para dizer por quanto tempo ela se mantém saudável. Ainda mais quem já tinha uma alimentação ruim.Flavia Auler, nutricionista

Continua após a publicidade

Efeito sanfona

Ao parar uma dieta tão restritiva, a pessoa recupera o peso perdido. Isso acontece porque é impossível manter um padrão alimentar tão limitado. O resultado de nenhuma dieta que traz resultados rápidos é duradouro.

"Emagrecer é um processo de mudança de hábitos, e o consumo de um único alimento não produz mudanças", explica Flávia Auler. "A reeducação alimentar passa por fases e só depois a pessoa experimenta algumas perdas de peso e de medidas. Não é fácil emagrecer, e quem diz que é só fechar a boca e fazer exercício está sendo muito reducionista."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes
pokerstars Mapa do site